segunda-feira, 6 de agosto de 2007

Confissão.


Relíquias de ouro incandescente que gravam marcas nos lábios. A pele estala a cada raio de sol e os olhos verdes de sono não me deixam ver as minhas cores. Uma noite após a anterior, num eco que se repete nas circunvoluções da minha cabeça. Os arranhões de todas as mãos.
Deito-me na cama, uma qualquer, e deixo-me arrefecer ao ritmo dos lençóis. O meu corpo funde-se com o colchão numa simbiose quase metamórfica. Deixo-me ser levado pelos olhos de alguém, numa entrega apenas aparente onde me arrancam as dores do peito. Movimentos tão vermelhos numa troca de saliva de mil e uma cores, drogas que só eu sei preparar. O sangue borbulha em vodka e outros alcoóis depressores. Não resisto, e sem dar conta tenho um corpo para escravizar à minha vontade.
Uma mão dentro das calças, outra a segurar a cabeça. Mais uma a tocar-me nos lábios e uma língua a descer até ao umbigo. Arrepios em cadeia que me transformam num predador instintivo. Mordo. Sabe bem morder a carne, furá-la com os dentes, saber de que é feito o sangue.
Às vezes ainda há tempo para uma confissão ou duas, num sussuro apertado ao ouvido. Esperança que a noite saiba melhor. Esperança que o dia comece melhor.
O orgasmo. Gritos e contrações de corpos uns contra os outros. O fim e as dores no peito voltam a aparecer.

6 Agosto 2007 : 19.20

8 comentários:

Anónimo disse...

Perdão

dual_ disse...

kiss on u**
...como só tu o sabes e pedes!

AMO-TE MUITO

Patrícia Lino disse...

Um blog, sem dúvida, encantador.

Rui disse...

Pedro, fiquei fascinado com tudo o que li por aqui! É espectacular a maneira como sentes as coisas!!

Levaste-me a criar também um blog!

Cumpts.

Anónimo disse...

Prefiro este que o anterior , de longe.

Mas mantenho o que disse: és mesmo triste...

"Quem te viu..."

dual_ disse...

My Shining Light / Star ;O)

pensei em escrever alguma poesia, uma vez mais, mas não consigo rabiscar nada para além do que te sussurro.
hoje não são palavras bonitas nem bom português o que está em questão é:

gosto de te ver-ter-cuidar-abraçar-amar-olhar-cuidar-afagar- ...como só tu o sabes e pedes!

-_- AMO-TE MUITO

beijos P****** do teu J
1beijo = 1000000000000

ours «Dreams do come true» always

Anónimo disse...

Enfim...

Rui disse...

Obrigado pela visita!

Não, não nos conhecemos..

[ ]