quarta-feira, 17 de janeiro de 2007

O sonho.


Noite agitada por mergulhos subterrâneos e medos recalcados por teorias não explicadas. Nem as nuvens ficam para assistir e afastam-se de mãos dadas com o vento. Abrem-se portas escuras no arrepio de uma melodia estranha que me vicia. Grito. E tenho medo depois de gritar.
Rasgo-me em pedaços para poder fugir melhor. Nem eu quero ficar para me ver. Olho para o céu escuro, que de negro tem o meu sabor, e corro por passeios descalços de mil e uma estrelas onde descanso os meus pés arranhados pelo frio. Não paro.
Chego a ti, numa ilusão de te poder ver o reflexo no mar e deixo-me violar as entranhas de todas as moléculas do oceano, harmoniosamente dispostas para me acolherem no seu útero de mistérios. Agonio num sufoco essencial, que me lembra de que é que sou feito, e diluo-me em tintas vermelhas que te poluem o corpo. Deixo-me fundir com o teu sangue.
Decoro-te os contornos e tapo-te a cara. O teu sorriso escurece-me a voz. Por isso calo-me no pecado de não saber parar e desenho-o para o ter guardado só para mim. Só para mim! Ao menos guardo-te a imagem e o sofisma de te poder ter fora do papel um dia.
Agarras-me o braço e dizes que também gostas de mim, num segredo arrependido que não consegues aguentar de tão sobejo que é. Deixas-me sentir o meu desejo imaginário de te tocar os lábios, por segundos que sejam, num prenúncio de eternidade. Prometes que ficas desta vez.
Não percebo porque páras. Agora és tu quem se desfaz. És fumo do cigarro antes de me deitar e não me deixas aspirar-te para dentro de mim. És noite e o nascer do novo dia. Não percebo! Abro os olhos.
Acordo. E choro por acordar com os lábios molhados.
17 Janeiro 2007 : 03.46

6 comentários:

Ruy de Villa Real disse...

" Orpheu menos Euridice coisa mais incompreensível"

Padrinho disse...

Nao sei, mas isto leva-me a algum lado...
Fica bem!!! Um grande abraço! ;)

Irmão Nuno disse...

Magnífico! So acho que podias deixar a tua raiva e a tua frustações de lado por um pouco e pensar no grande talento e imaginação que tens e construir uns textos cheios de alegria e de outros sentimentos que não te massacrem! Já sabes que podes contar cmg pra tudo irmão fica bem! Um abraço po padrinho que comentou!! que já não falo com ele há mt tempu porque não tenho dinheiro. Mas isso não interessa Grande abraço Pedro

nenuco disse...

talvez por ser um sentimento positivo a alegria nao consegue tocar tanto s pessoas como aquilo que tu queres deixar passar nao é sinhor pedro? quando estamos tristes escrevemos melhor mais profundamente...
gostei do texto que me mostras-te tem muito que ver com a minha situaçao, mas como disse era mesmo essa a tua intençao nao era meu fuinha?
bem ja te disse que tens talento... alias ja somos dois lol mas fica sempre bem deixar aqui a minha marca...


[[[]]]

lipa disse...

não existem palavras suficientes para descrever..existem apenas sentimentos para sentir...mas é incrível como as palavras soam e como deslizam através de ti...
não tenho nada a dizer sobre este texto...apenas me limito a senti-lo
beiju****

dentrodabolinhactimel disse...

gosto de ti... prometo que fico e podes aspirar-me!!
adorei,apesar de agora ter brincado ahcei fenomenal a ilusão que aqui criaste e a forma como a descreveste!beijinho!té